Futebol Amador de Indaiatuba

História da Liga

A Liga Regional Desportiva Indaiatuba –LIDI, é uma entidade sem fins lucrativos de administração do desporto, filiada a Federação Paulista de Futebol, que exerce suas atividades segundo o disposto em seu Estatuto e leis acessarias tendo por fim: - Dirigir o desporto amador e suas filiadas no município de Indaiatuba e região, incentivando a sua difusão e aperfeiçoamento; - Promover a realização de campeonatos, torneios e competições desportivas; - Incrementar a cultura física, intelectual, moral e cívica dos desportistas, especialmente na juventude e congregar atletas e dirigentes, ajudando ao mesmo tempo no desenvolvimento social; - Contribuir para o progresso material e técnico das associações filiadas que constituem a base da organização desportiva nacional. Ao longo de deus anos de existência a LIDI desenvolveu entre outros esportes, o futebol, futsal, futebol society, vôlei, tênis de mesa, bocha entre outros Atualmente a LIDI constitui o Futebol como o seu desporto básico e essencial, tendo como outra atividade a Malha, onde participa dos campeonatos regional e nacional. A Liga de Futebol de Indaiatuba começou a ser idealizada no ano de 1950 e formalmente fundada no ano de 1954 e era popularmente conhecida como LIF e teve como seu primeiro presidente Humberto Batisti. No entanto, em razão de desentendimento internos, a diretoria presidida por Humberto Batisti renunciou o seu mandato e no ano de 1956 Mário Araldo Candello assumiu a presidência da Liga comandando a entidade por 18 anos, renunciando o seu mandato em 1974.

No ano de 1975 assumiu como presidente da entidade Benedito Queriquelli, no entanto a LIF permaneceu sem atividades até o ano de 1981, quando voltou a se legalizar com a eleição de Hélio Carlos Amstalden que permaneceu como presidente da entidade até o ano de 1987 quando Clodoaldo Carvalho Mota, o Kokada teve o seu primeiro mandato como presidente.

Em 1990 Hélio Carlos Amstalden retornou a presidência da entidade, permanecendo até o ano de 1996, quanto Deosdedit Beloto assumiu foi eleito presidente.

Já no ano de 2000 Clodoaldo Carvalho Mota é novamente eleito presidente, permanecendo na frente da entidade até o final do ano de 2008, tendo sido responsável pela construção da sede própria na Rua Padre Francisco Cabral Vasconcelos, n° 1466, Indaiatuba, estado de São Paulo No ano de 2009 o jovem Eliseu Aparecido Marques Silva foi eleito presidente da entidade permanecendo até o final de 2016. Em sua gestão Eliseu firmou convênio com o governo do Estado de São Paulo implantando um projeto de escolinha de futebol para as crianças de famílias de baixa renda, fornecendo lanche, uniforme tudo com a supervisão de professores de educação física. No início de 2017 o advogado Rogério Pontara foi eleito como novo presidente da Lidi, sendo que em pouco tempo de trabalho conseguiu a unificação com a Aifa, um pleito que era solicitado pela maioria esportistas de Indaiatuba.